Sign In

News

Produtos Kaiflex têm agora maior equilíbrio e transparência ecológica

Header Slider Images

Produtos Kaiflex têm agora maior equilíbrio e transparência ecológica

Protegendo a saúde e meio ambiente enquanto minimiza custos operacionais: a construção sustentável está a tornar-se mais importante. A Kaimann oferece, agora, apoio ideal para obtenção de certificações de construção como DNGB ou BREEAM: o Institut Bauen und Umwelt (Instituto de Construção e Meio Ambiente, IBU) está a preparar Declarações de Produtos Ambientais (EPD) para a linha de produtos Kaiflex. Estes EPDs tornarão o equilíbrio ecológico, dos materiais de isolamento Kaimann, ainda mais transparente.

Os EPDs são eco-rótulos que disponibilizam informações abrangentes sobre o produto, relevantes para a construção de edifícios sustentáveis e para a certificação de edifícios, obtendo-se assim maior clareza em relação ao equilíbrio ecológico. As informações são recolhidas de acordo com métodos padronizados internacionalmente e, seguidamente, compiladas de forma abrangente em algumas páginas. A análise inclui todas as categorias que detalham o impacto ambiental, como possibilidades de reciclagem, exigência de recursos e energia e potencial de aquecimento global.

Ao colaborar com a IBU, a Kaimann GmbH avança rumo a uma política corporativa sustentável e responsável: “Com a nossa associação à IBU e a criação desses EPDs, o nosso objetivo é fornecer provas de sustentabilidade certificadas e reconhecidas na nossa produção e produtos. Comprometemo-nos, de acordo com os valores da nossa empresa, a uma política de transparência em relação à energia, qualidade e meio ambiente, bem como à realização do potencial de eficiência e redução de custos de energia, agora e no futuro ”, afirma o Dr. Burkhard Schmolck, CEO da Kaimann GmbH. “Estamos a alinhar todas as nossas atividades de forma a garantir a proteção da natureza, evitar impactos ambientais negativos, sempre que possível, e reduzir as emissões de gases nocivos para o meio ambiente, como o CO2.” Este compromisso fez com que a Kaimann fosse auditada e certificada com sucesso, de acordo com a ISO 50001 em 2014. Em 2013, a empresa recebeu a certificação ISO 14001.

Proteção ambiental tem início na produção

Esta consciencialização reflete-se no desenvolvimento (continuado) dos produtos. Os efeitos económicos e os benefícios ambientais são continuamente otimizados, revendo constantemente todo o processo produtivo, de acordo com as normas europeias. Por exemplo, cerca de 1,14 kg de CO2 são emitidos para cada metro quadrado de isolamento Kaiflex, de 19 mm de espessura, produzido. Isto abrange todo o processo de produtivo, incluindo fabrico, transporte e armazenamento de matérias-primas. A maioria dos materiais de isolamento Kaiflex permanece instalada por 20 a 30 anos, período em que um metro quadrado de isolamento reduz as emissões de CO2, em média total, de 330 a 660 kg. Significa que, durante sua vida útil, o isolamento Kaiflex, de 19 mm de espessura, economiza entre 290 a 580 vezes o dióxido de carbono libertado durante sua produção. "Esperamos aprender com a experiência e o conhecimento da IBU, mantendo o intercâmbio construtivo e ativo e, assim, melhorar continuamente a nossa sustentabilidade", diz o Dr. Burkhard Schmolck.

 

Teasertext for results and related content
Avec les DEP, nous fournissons à nos clients une preuve supplémentaire reconnue et vérifiée de la durabilité de notre production et de nos produits.

Images

Thumbnail for news overview
Background for Infoboxes
Thumbnail for related content

Related Content

Tagging columns

Products
 
Countries
PRT - pt
Attributes
 
Test Methods
 
Application Areas
 
Tags
Products
Topics
 

Technical columns

Article Date
7/3/2020
Target
news